IMPRENSA

15Mar2017

R7: Com medo de perseguição, refugiados hesitam em procurar atendimento médico no Brasil



No início do mês de fevereiro, o R7 acompanhou um mutirão promovido pelo CECAM com diversos serviços de saúde especialmente para os refugiados e solicitantes de refúgio residentes em São Paulo.

Além de médicos, enfermeiros e outros profissinais da área, estiveram presentes intérpretes de diversas línguas, para que as consultas e diagnósticos pudessem ser feitos da forma mais clara possível. A maioria dos pacientes atendidos é assistida também pelo Adus, Instituto de Reintegração do Refugiado.

Veja matéria completa