Coronavírus

O que é o coronavírus?

O corovavírus é um agente viral causador de doenças respiratórias em humanos e animais. Faz parte de uma grande família de vírus, os coronavírus (CoV) e possuem esse nome, pois
lembram uma coroa (do inglês crown).

Como é a transmissão?

A transmissão desse vírus ocorre de uma pessoa para outra por meio do contato próximo com o doente, ou seja,  pelo ar, por meio de tosse ou espirro, contato próximo ou com objetos e superfícies contaminadas.

Onde surgiu?

Os coronavírus são conhecidos desde meados dos anos 1960. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem.

No entanto, alguns coronavírus podem causar síndromes respiratórias graves, como a síndrome respiratória aguda grave que ficou conhecida pela sigla SARS da síndrome em inglês “Severe Acute Respiratory Syndrome”. Essa síndrome é causada pelo coronavírus associado à SARS (SARS-CoV), sendo os primeiros relatos na China em 2002. O vírus se disseminou rapidamente para mais de doze países na América do Norte, América do Sul, Europa e Asia, infectando mais de 8.000 pessoas e causando entorno de 800 mortes, antes da epidemia global ser controlada em 2003.

Em 2012, foi descoberto um novo coronavírus, distinto daquele que causou a SARS no começo da década anterior. Esse novo coronavírus era desconhecido como agente de doença humana até sua identificação, inicialmente na Arábia Saudita e, posteriormente, em outros países do Oriente Médio, na Europa e na África. Todos os casos identificados fora da Península Arábica tinham histórico de viagem ou contato recente com viajantes procedentes de países do Oriente Médio – Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes e Jordânia.

Pela localização dos casos, a doença passou a ser designada como síndrome respiratória do Oriente Médio, cuja sigla é MERS, do inglês “Middle East Respiratory Syndrome” e o novo vírus nomeado coronavírus associado à MERS (MERS-CoV).

O último coronavírus identificado foi em 2019 na cidade de Wuhan, na China. Ainda não se sabe ao certo a origem do vírus, mas acredita-se que a fonte primária do vírus seja em um mercado de frutos do mar e animais vivos de Wuhan. Esse novo tipo foi classificado como um vírus zoonótico, ou seja, pode ser transmitido entre o ser humano e outros animais.

É importante salientar que isso não ocorre com todos os coronavírus, sendo conhecidos alguns tipos que circulam apenas entre os animais.

Sintomas:

 

Diagnóstico

A confirmação do diagnóstico do novo coronavírus é feita por meio de exames laboratoriais que identificam o material genético do vírus em secreções respiratórias.

 

Como se prevenir?

 

Tratamento:

É indicado repouso e ingestão de líquidos, além de medidas para aliviar os sintomas, como analgésicos e antitérmicos. Em caso de suspeita, não se automedique, procure seu médico para esclarecimentos.


Fontes:


• https://www.hcor.com.br/hcor-explica/outras/coronavirus/
• https://brasilescola.uol.com.br/doencas/coronavirus.htm
• http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-de-transmissao-respiratoria/coronavirus.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *